A educação a distância será a capacitação a forma mais utilizada de capacitação no futuro?


Quais são os fundamentos que mais se aproximam dessa indagação ?


  1. O crescimento das cidades e a grande dificuldade de locomoção e estruturais tornam-se cada vez mais caro os cursos presenciais.
  2. O baixo custo de um curso a distância e a quantidade de pessoas a serem atendidas.
  3. Estudo direcionado a estudantes autônomos.
  Há sempre muitos motivos  que podem impulsionar a Ead no Brasil , claro que o principal é o número cada vez maior de pessoas que tem acesso a rede , e a rede tem diversas possibilidade , inclusive a da capacitação do trabalhador, inclusive os profissionais da educação.


Neder In Preti (2005) aponta a educação a distância como “uma possibilidade de (re)significação paradigmática no contexto do processo de formação de professores”, pois esta modalidade favorece a interação entre os sujeitos, propiciando o diálogo, a troca, a construção coletiva, na qual o professor assume um novo papel no processo de ensino-aprendizagem, não somente de transmissor de conhecimentos, mas assume juntamente com os alunos uma posição de parceria. Dessa forma, a autonomia do aluno é um dos ideais educativos, pois ele é estimulado, instigado a buscar, exigindo assim, um grande comprometimento com a construção do conhecimento. 


 Vamos assistir um vídeo que aproxima dessa leitura da realidade.




Referência
www.mauriciomunhoz.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog