Os três Crivos - O silêncio representa uma grande sabedoria.

Certa vez o conhecido filósofo Sócrates foi procurado por um jovem discípulo que lhe desejava falar. Chegou apressado ansioso e dirigiu-se ofegante ao sábio:

- Mestre, tenho algo muito importante a lhe dizer.
E, antes que continuasse a falar, Sócrates olhou-o serenamente e perguntou-lhe:
- O que você tem a me contar é verdadeiro?
O Jovem , que ainda não se habituara à reflexão, pensou um pouco, e respondeu:
- Mestre, eu não sei se é verdade, mais me disseram...

- O sábio não o deixou concluir e indagou-lhe:
- O que você tem a me dizer é bom?
O jovem retrucou:
- Ah! Mestre , com certeza, não é.
O Experiente filósofo,olhando-o mais profundamente, com que a investigar-lhe a essência das intenções, questionou-lhe:
- O que você tem a me falar é útil?
E o jovem, um pouco aturdido com tantos questionamentos, diz:
- Não sei, Mestre, se o que tenho a lhe falar será útil para alguém.
- Então --- concluiu Sócrates --- não me diga nada .
 O jovem deu meia-volta e afastou-se pensativo....

--- 
Há uma língua que não permite distorção de conceito nem de significado----- a do amor

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog