Os resultados do IDEB e suas consequências na realidade da escola.

Toda vez que sai o resultado do Ideb fica aquela indagação :

O que a escola deve fazer para melhorar seu aproveitamento nessa avaliação?
Algumas reflexões são importantes para essa resposta:

- A escola deve ser preparada para esse tipo de avaliação?
R: Não. Toda escola tem seu projeto político pedagógico que é construído com base na linha pedagógica  escolhida, com os parâmetros de produção  cultural, filosófica na qual a escola tem que se preocupar sim em reproduzir as escolha da comunidade escolar.
- Então não devemos se preocupar com a qualidade do ensino?
R: Sim. Existe um planejamento a ser seguido pela escola, pelos professores, o que se deve atentar é para que esse planejamento esteja de acordo com as propostas curriculares debatidas no estado e que os conteúdos planejados tenham sido efetivamente trabalhados com qualidades.
- E os índices das escolas?
R: Veja, estas avaliações demonstram uma fotografia passageira de um processo de avaliação oriundo do Mec, mais as estratégias que visam melhorar o ensino partem  da escola. Você deveria se perguntar, por quê a escola não constrói sua auto-avaliação?.Essa seria uma forma democrática de averiguar realmente se os conteúdos com base na proposta da escola são efetivamente aprendidos e trabalhados.

Você então não acha importante o Ideb?
R: Acho, há uma grande corrente contrária as avaliações do sistema pois acreditam que em um determinado momento elas perdem a sua função de melhoria do ensino , algo que concordo plenamente. 
    Pense que o Ideb é uma ferramenta que mede algumas características do ensino no Brasil, aponta alguns diagnósticos para políticas públicas na área da educação  mais não faz o tratamento homeopático necessário. Que são aqueles já amplamente discutidos na seera dos educadores que são:
  _ Melhores salários para os professores
  -  Investimento pesado na capacitação
  - Melhoria  nas condições de trabalho
   - Produção e pesquisa
   -Reestruturação pedagógicas nas escolas, tais como trazerem para ambiente escolar a psicologia, antropologia e área que possam juntamente com as que estão qualificar o atendimento a criança, o jovem e o adulto.

Referência
www.mauriciomunhoz.blogspot.com

           

Um comentário:

Anônimo disse...

Seu apontamentos é relevante.
Minha opinião a prova deve ser aplicada também para os docentes anualmente.

Pesquisar este blog