INDISCIPLINA EM SALA


















Se pesquisarmos na própria web há várias formas teoricas de combater a indisciplina em sala de aula, mais como agimos realmente quando este fato ocorre em sala?



O que caracteriza a indisciplina em sala:

*Salas com muitos alunos:


É terrível dar aulas naquelas sala hiperlotadas, coidados dos alunos não tem espaço para se mecher, como cobrar atenção principalmente para a turma do fundão.
Eu sempre fui um dos mais altos da sala, resultado? Sentava lá no fundão, puxa como é difícil assistir aula lá trás.

A Conversa entre os alunos pode ser outra forma de indisciplina.

Os alunos falam e continuam a falar, mesmo depois do professor os chamar à atenção.

*** Porquê a necessidade de conversar nas aulas ?

· Para relatar assuntos exteriores à sala de aula.

· Para mostrar que faz parte do grupo/turma.

· Para mostrar oposição à autoridade do professor.

· Para esclarecer ou compreender o que o professor acabou de dizer.

· Para mostrar o seu descontentamento com a disciplina e/ou o professor. Etc .



Como geralmente tratamos a indisciplina?

O professor assume no início algumas atitudes, que ao longo do ano se tornam mais ou menos flexíveis:

- mostrar-se sério nas primeiras aulas, não tendo um sorriso fácil;

- impedir ou limitar as saídas durante a aula;

- não permitir que se levantem do lugar sem que peçam autorização;

- não permitir que troquem materiais sem que peçam autorização;

- dispor os alunos em lugares fixos de modo a favorecer a cooperação e a concentração;

- quando um aluno ou o professor fala os outros escutam;

- não confundir a simpatia com o "porreirismo da silva".






Há escolas, onde a orientação realmente funciona, também fico imaginando as orientadoras só ficam com os alunos problemáticos, e o stress deve ser grande.

Note, uma das formas de diminuir a indisciplina em sala são sempre as mesmas:



* Rapidamente identificar os indisciplinados Identificar o(s) aluno(s) perturbador(es).

* Criar um hábito de dialogar em sala, estabelecendo uma boa relação professor e aluno, principalmente diminuindo a criação de líderes negativos.

* O professor tem que ser um líder em sala, e é claro um líder positivo.

* Buscar conhecer o aluno, seu percurso escolar, seu meio, sua família, qual o diagnóstico dos professores anteriores
» Diferenciar a aula, indo ao encontro das necessidades dos alunos.

* Ter um postura motivadora em sala, sempre elogiando o aluno quando ele assume boas atitudes.

» Responsabilizar o aluno em causa e toda a turma pela atitude do aluno. É fundamental tratar o aluno como pessoa, contribuindo, sempre que possível, para a formação de uma auto-estima forte.














» Ignorar o acontecimento, para não provocar repulsa por parte do aluno. Posteriormente chamá-lo á atenção.

» Repreender o aluno de forma verbal em particular ou perante a turma., responsabilizando-o pelas suas atitudes.

» Mudar de lugar alguns alunos, tendo em consideração o seu aproveitamento e grau de concentração.

Nenhum comentário:

Pesquisar este blog